A IA nas HR Tech pode ser verdadeiramente ética e inclusiva? Mas e a Inteligência Artificial da LeWarPro?

À medida que as soluções baseadas em Inteligência Artificial (IA) se tornam mais populares no gerenciamento de recursos humanos, e, portanto, mais influentes, é crucial que os indivíduos e organizações que projetam, desenvolvem e implementam essas soluções garantam que sejam éticas e inclusivas para evitar resultados discriminatórios e injustos. Em outras palavras, as HR Tech (Tecnologia para Recursos Humanos) devem ser uma tecnologia responsável.

 

Existem quatro dimensões de inovação/tecnologia responsável: antecipação, reflexividade, inclusão e capacidade de resposta. Pode-se, portanto, perguntar: a HR Tech é uma tecnologia responsável? Embora seja impossível fazer uma declaração abrangente sobre todo o setor de HR Tech, ainda é válido questionar se essa tecnologia está realmente tendo um impacto positivo na sociedade, em vez de causar novos problemas, o que é um dos pré-requisitos para ser considerada responsável.

 

Para ser considerada responsável, a HR Tech deve ser ética e não discriminatória. No mundo dos negócios e na academia, ouvimos cada vez mais os principais atores defendendo que a inovação seja ética. A ética da IA diz respeito aos métodos, algoritmos e ferramentas necessárias para dotar agentes autônomos com a capacidade de raciocinar sobre os aspectos éticos de suas decisões, e os métodos, ferramentas e formalismos para garantir que o comportamento de um agente permaneça dentro de limites morais dados.

 

Portanto, ser ético é obrigatório, mas não suficiente. A inovação também deve ser inclusiva e não discriminatória, em outras palavras, deve ser justa. Uma discussão sobre justiça e responsabilidade no desenvolvimento de algoritmos de IA implica que, além dos resultados serem éticos e, portanto, dentro de limites morais, os algoritmos não devem discriminar entre indivíduos e devem proporcionar, tanto quanto possível, oportunidades iguais.

 

Pode-se então perguntar o que significa para uma solução algorítmica de IA ser justa, já que a (in)justiça assume muitas formas e sua apreciação pode ser altamente dependente do contexto. Fica a reflexão!

 

Mas e a Inteligência Artificial da LeWarPro? Venha conhecer como nossa IA coloca as pessoas no centro do processo, garantindo análises mais refinadas dos candidatos, sem eliminar potenciais talentos desde o início, e promovendo um ambiente de trabalho mais justo e inclusivo.

Referência: https://doi.org/10.1016/j.jrt.2022.100041

Texto desenvolvido por Fabio Guerra, Diretor Executivo (Founder and CTO).

Recrutamento Ético
Diversidade no Trabalho
Transparência no RH
IA
RH Tech
Inclusão