Home Office: Senso de pertencimento dos funcionários nas organizações

Uma recente pesquisa realizada no final de 2020 com 406 profissionais que trabalham remotamente indicam sobre o senso de pertencimento dos funcionários nas organizações.

Algumas matérias sobre motivação e do desempenho dos funcionários preveem que o sentimento de falta de confiança do funcionário enquanto está entre seus colegas de trabalho e dentro da organização é a chave para seu desempenho.

Por isso, o resultado desta pesquisa surpreende, os dados mostram uma diminuição geral no senso de pertencimento dos funcionários, 61% dos participantes sentem que o trabalho remoto os torna menos ligados aos seus colegas de trabalho, 77% relatam socializar com os seus colegas de trabalho com muito menos frequência (mas não em tudo), e 19% acham que o trabalho remoto os fez sentir-se excluídos de seus colegas de trabalho, quase 70% acham que suas equipes trabalham tão bem agora quanto antes de trabalharem remotamente durante a pandemia, e 17% acham que sua equipe trabalha melhor ainda.

Isso significa que durante a pandemia, as percepções dos funcionários sobre o desempenho de suas equipes aumentaram, enquanto seus sentimentos de pertencimento diminuíram, exatamente o oposto do que alguns materiais informam.

A hipótese dos pesquisadores é que, após o choque inicial da pandemia, e mesmo levando em consideração os desafios com a integração trabalho e vida pessoal observados anteriormente, a natureza do trabalho remoto retornou um benefício de curto prazo no desempenho do funcionário, permitindo mais e melhor foco de tempo nas tarefas de trabalho (por exemplo, eliminando o tempo gasto no deslocamento e reduzindo o número de interações não relacionadas ao trabalho com colegas de trabalho. Por outro lado, o tempo concentrado no home-office pode ser mais difícil de conseguir devido às complexidades da vida doméstica durante a pandemia, mas quando os funcionários começam a trabalhar, eles estão concentrados, voltados para a tarefa e produtivos.

A previsão é que os ganhos de desempenho de curto prazo acabarão sendo eclipsados por perdas de longo prazo se os sentimentos de pertencimento dos funcionários permanecerem cronicamente baixos. Melhorar o senso de pertencimento dos funcionários é, portanto, primordial para todas as organizações, tanto durante como após a pandemia, especialmente para aquelas que já mudaram ou consideram mudar para um modelo de trabalho remoto ou híbrido permanente.

A pesquisa também indica que o relacionamento dos gerentes com os membros de suas equipes tornou-se mais transacional e menos solidário.

Esta pesquisa foi realizada pelas empresas Jostle e Dialectic com profissionais de diversos países, sendo a maioria do Canadá e Estados Unidos.

Você acredita que no cenário brasileiro os números desta pesquisa seriam semelhantes?

Envie a sua opinião em relação ao sentimento de pertencimento dentro das organizações!

Sua contribuição tem grande valor para nós.

Até mais!

Kelly Andrade

Especialista em Customer Experience

Para receber mais conteúdos como este, assine nossa newsletter preenchendo os campos abaixo:

loading…

LE WAR PRO – Talent Way é uma consultoria de gestão de talentos digital que equilibra a velocidade automatizada dos processos ao contato humanizado, para apoiar empresas incríveis a encontrar e desenvolver talentos incríveis. Conta com uma equipe de consultores com mais de quinze anos de experiência na área, com habilidades para mapear competências comportamentais, oferecer diagnósticos organizacionais completos com sugestões de desenvolvimento personalizadas a cada pessoa e a cada negócio. Com sede em Curitiba, a empresa atua em todo Brasil com o propósito de apoiar as empresas a conhecerem seus talentos aproveitando o melhor de cada um.