O que não fazer em uma Vídeo Entrevista

Alguns hábitos e atividades que não eram tão rotineiros durante a pandemia passaram a ser naturais e fazer parte do nosso dia a dia, como as reuniões e entrevistas on-line, por exemplo. Nós já atuávamos nesse formato antes, mas temos percebido que a naturalidade que a pandemia trouxe para as reuniões on-line, está contribuindo para que os profissionais deem menos atenção a alguns aspectos. Por isso listamos aqui O QUE NÃO FAZER na entrevista on-line:

  1. Reservar um tempo curto para se preparar e não testar as ferramentas com antecedência. Em muitas reuniões os profissionais acabam deixando para baixar a ferramenta na hora da entrevista quando acessam o link. O Download leva tempo, por falta de familiaridade as vezes é difícil acionar a câmera ou o microfone. Nunca deixe para fazer isso minutos antes da reunião.
  2. Dar pouca atenção a imagem pessoal pelo fato de estar em quarentena. O acesso a muitos serviços ficou restrito, isso é fato, e para muitos alguns cuidados pessoais que eram rotina, como ir ao barbeiro ou cabeleireiro por exemplo, precisou ser adiado. Outro ponto é que nem sempre nos preparamos em casa como nos prepararíamos para estar presencialmente. Não atenue os cuidados e a apresentação pessoal pelo fato da entrevista ser on-line.
  3. Usar o celular para fazer a entrevista e ficar se movimentando com o celular. Alguns aplicativos não enquadram tão bem no celular, mas é possível compreender que nem sempre temos um notebook a mão. Porém, para uma entrevista ou conversa mais longa, é inviável segurar com as mãos o celular por uma hora aproximadamente e certamente você precisará movimentar ou trocar de mão. Encontrar uma posição com antecedência na qual possa apoiar o celular e deixá-lo fixo é a melhor opção. Lembre-se, nunca se movimente pela casa durante a conversa.
  4. Usar o notebook, mas apoiar nas pernas ou em um lugar que não fique fixo – Quando o notebook não está apoiado em um local fixo, como nas pernas, qualquer movimento realizado vai comprometer a imagem que está sendo captada, além de ser ruim para o interlocutor interagir com uma imagem se movimentando o tempo todo. Não sente no sofá com o notebook no colo para fazer a conversa.
  5. Escolher um cômodo da casa muito poluído ou com objetos no fundo que possam tirar a atenção do entrevistador ou passar uma imagem negativa a seu respeito. Fica difícil defender na entrevista as habilidades de organização e o foco na qualidade quando o ambiente escolhido pelo profissional para a entrevista transmite outra coisa. Cuidado com o que está ao fundo da imagem, na dúvida, uma parede neutra é a melhor opção. Pessoas circulando no cômodo também podem tirar tanto a sua concentração quanto a do interlocutor.

Não se deixe enganar pelo fato de estar em casa. Se prepare para a conversa como se realmente fosse encontrar o entrevistador pessoalmente! 

Você já passou pela primeira fase, entre centenas de currículos o seu foi escolhido!

Não é raro apoiarmos nossos candidatos antes da entrevista com o cliente, nós testamos junto com ele a ferramenta, ajudamos a escolher o ambiente mais adequado e se ele tem dúvidas quanto a vestimenta apoiamos também. Se você foi chamado para fazer a entrevista, já está bem perto de mudar sua jornada profissional! Vamos aproveitar esse momento para passar uma primeira impressão incrível?!

Texto desenvolvido por Adriane Ihon

LE WAR PRO – Talent Way é uma consultoria de gestão de talentos que equilibra a velocidade automatizada dos processos ao contato humanizado, para apoiar empresas incríveis a encontrar e desenvolver talentos incríveis. Conta com uma equipe de consultores com mais de quinze anos de experiência na área, com habilidades para mapear competências comportamentais, oferecer diagnósticos organizacionais completos com sugestões de desenvolvimento personalizadas a cada pessoa e a cada negócio. Com sede em Curitiba, a empresa atua em todo Brasil com o propósito de apoiar as empresas a conhecerem seus talentos aproveitando o melhor de cada um.